sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Oh, Jerusalém!



Forget the proof, a generation so aloof, only following the steps of the majority!

3 comentários:

Marcus Henrick disse...

..." Oh miserável homem que eu sou, quem vai me entregar
A partir do corpo desta morte
Livrar-me de pó, e da superficial confiança
De um inimigo que procura tirar-me a respiração
Caso não se ligar, porque eu sou moralmente defeito
Em razão do Deus dentro da minha cabeça
Causando-me de ver, o que só pertence a mim
Acreditando que estou vivo quando eu ainda estou morto "

Oh Jerusalém !!!!
Oh.. MARCUS HENRICK !!!
Oh..!!!

Dennys Reys disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dennys Reys disse...

Ouve Senhor nosso clamor seja em que língua for. Precisamos de Tua Graça.