sexta-feira, 9 de abril de 2010

AMAR na chuva...

"Que pode uma criatura senão,
senão entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.

Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita."

Carlos Drummond de Andrade.

Informações sobre postos de arrecadação.

8 comentários:

Barbara disse...

Comentar Drummond?
Não tenho tal pretensão não.
1 abraço.

Juan Moravagine Carneiro disse...

Sem sombra de dúvida Drummond é um dos maiores artistas brasileiros do século XX!

Valeu pela visita ao Rembrandt


abraço

Por Ele. disse...

Drummond é tão importante que abafa suas próprias palavras. =(

joshua disse...

Parabéns pelo belíssimo blogue!

PALAVROSSAVRVS REX

Por Ele. disse...

Ir para o deserto, errar tudo que Jesus não errou, entender outros erros, se arrepender e continuar no deserto? Sei lá, não preciso de elogios, preciso refrigério...

"Eu grito pra ti, oh Deus, vem me socorrer. Olhando pra mim posso saber que nada posso fazer."

M@rcus Henrick disse...

http://www.youtube.com/watch?v=5oxZuMuk8BM

ou

http://letras.terra.com.br/renato-russo/100339/traducao.html


ai estas uma musica q quero que vejas
Passerà (italiano )

Abraços !!

Por Ele. disse...

Passam canções, terra, dores, céu "mas as minhas palavras não passarão."

"Ah! O homem passou e se esqueceu da dor que sangra dentro do peito. DENTRO DO PEITO. Vai onde há a dor, e cura! Vai onde não há amor, e ama! Vai onde há a dor, e alegra! Vai onde não há esperança!"

Open eyes disse...

E nos esquecemos fácil... misericordia