domingo, 1 de novembro de 2009

Fama concedida por ações extraordinárias.

"Se formos dormir, seremos Seus sonolentos queridos.
E se viermos a despertar, estaremos em Suas mãos.
Se viermos a chorar, seremos Sua nuvem cheia de lágrimas.
E se viermos a rir, seremos Sua luz naquele instante.
Se viermos para a raiva e a batalha, será a reflexão da Sua ira.
E se viermos para a paz e o perdão, será o reflexo do Seu amor.
Quem somos nós neste mundo complicado?"

Jalaluddin Rumi (Caçador de Pipas)

Arrumando as idéias enfrentando a vida pelas vias da verdade e nudez interior, deixamos que o véu se rasgue em nós e nos encontramos. Vemos condições precárias e a quebra do conforto num mundo fingido, onde assim, nos leva ao verdadeiro consolo.

Convite radical confundido por utopia, padecer para ser...

Alegria, somos imundos ganhando o Ar dia-após-dia mesmo em nossas estreitas condições, e entendendo que assim, "... com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor." - II Cor 3.18

Um comentário:

Ludigardo disse...

Você escreve muito bem.

Sobre o Texto, a Palavra de Deus é fantástica. Ela nos traz luz onde, por nós mesmos, estaríamos em trevas.

Gostei do seu Blog.

=)