sábado, 7 de março de 2009

Me encarar.

E nesta despedida
Não há sangue
Não há nenhum álibi
Porque eu tirei arrependimento
Da verdade
De mil mentiras
Então deixe a misericórdia chegar
E lavar

O que eu Fiz
Eu vou me encarar
Para ultrapassar aquilo em que eu me tornei
Me apagar
E esquecer
o que eu fiz

Esqueça
O que você pensou de mim
Enquanto eu limpo esta ardósia
Com as mãos
Da incerteza
Então, deixe a misericórdia chegar
E lavar

O que eu fiz
Eu vou me encarar
Para ultrapassar aquilo em que eu me tornei
Me apagar
E esquecer o que eu fiz

Pelo que eu fiz
Eu começarei novamente
E seja o que for, a dor virá
Hoje isso acaba
Eu estou perdoando o que eu fiz

Eu vou me encarar
Para acabar com o que eu me tornei
Me apagar
E esquecer o que eu fiz.

What I've Done - Linkin Park

2 comentários:

Ele Me Amou Primeiro disse...

meu Deus, q lindo texto...
será um grito da alma? eu sofro disto às vezes, de não conseguir me perdoar quando o Senhor já me perdoou...
Shalom

Marcus Henrick disse...

Aí está O LIMITE..
Em que SÓ NÒS MESMOS PODEMOS NOS ENCARAR..
EXISTE UM CONFRONTO
( UM MOMENTO ÍNTIMO)...
E SABEMOS que NUNCA ESTAMOS SOZINHOS..
DE ALGUMA FORMA e EM ALGUM LUGAR
DENTRO OU FORA do CORAÇÃO ..
ELE ESTÁ..