sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Everybody wants to go to heaven...


Quero me perder dessa salvação intelectual
Quero esquecer-me dos teus jargões eclesiais
Quero purificar meus pés dos teus templos
Lavar-me dos teus batismos
e sacudir de mim a poeira de tuas catedrais.

Quero o lado de fora das sacras paredes caiadas
Quero esquecer teus shows, tuas meras pregações
Quero perder-me, perder minha vida para a encontrar
Vaguear pelas ruas, na escuridão da noite
nos cabarés, na periferia suja, achar-me a iluminar

Quero tudo o que tu não queres, porque és chique
Quero desviar-me de ti, para andar no Caminho
Quero comungar com os impuros e ímpios
e um coração novo para diante de tua “santidade”
ainda assim, como Cristo, te amar.

Quero ser herege das tuas infantis doutrinas
quero ser Lutero, Wesley e Calvino para te reformar
Quero ser Agostinho, Teresa, Romero e Francisco
e viver em função da justiça social de Cristo
o Evangelho integral e vivo praticar.

Quero ouro puro, no fogo refinado
Quero vestir-me de peças brancas celestiais
Quero colírio para meus olhos enxergarem a Igreja
emancipada e livre de um pseudo cristianismo
da alienação, do materialismo e dos feudos pastorais.

T. G. klohn, em cartas a Wittenberg.
.
.
.
"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça."
.
"Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa? Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade. Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo."
.
... but nobody wants to die!!

3 comentários:

Rosana Steimbach disse...

uuuuaaaaaaa!!!!!!

barbara disse...

hahahaha
aaaaaaaaah

Oh YEAH!

... disse...

hUHUhuhUUUuuuuu!!!
"Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa? Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os *** ázimos da sinceridade e da verdade.**** huhuhuhuuuuu Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo." [pra que Deus possa julgá-lo] obrigada por esse post... isso que copiei aki li antes de ontemmm =0)...tem muito aí... hihihiiiii te amo maninhaaa! Paz!